Por que Kenshin se tornou tão conhecido?

Rurouni Kenshin, ou simplesmente Samurai X, foi um dos animes mais aclamados que as emissoras brasileiras trouxeram para o Brasil no fim dos anos 90 e no início dos anos 2000.

A saga, baseada no mangá de Nobuhiro Watsuki, conta a história de um lendário samurai japonês que ficou conhecido por assassinar centenas de pessoas no passado, mas que busca a redenção por meio da prática do bem.

Se você também fez parte da galera que parava tudo para acompanhar a história do espadachim ruivo, este texto é para você. Entenda um pouco mais sobre a história de Kenshin e descubra por que o anime ficou tão famoso no Brasil.

Battousai, O Retalhador

v

A história do mangá, que acabou sendo adaptada para um anime, se passa no século XIX, nos primeiros anos da Era Meiji — período pós-feudalismo japonês, em que o otimismo e o progresso tecnológico eram dominantes — e conta a história de um espadachim aposentado, famoso pela sua atuação entre os soldados da Ishin Shishi — espécie de grupo radical anti-xogunato, que era o sistema político do japão antes do príncipe Mutsuhito iniciar o período Meiji.

Kenshin Himura, por causa dos seus crimes, ficou conhecido como Battousai, O Retalhador, e ainda causava medo aos que conheciam a sua fama. No entanto, ele tentou reverter esse quadro tornando-se um andarilho e protegendo os mais fracos. Sob a jura de nunca mais matar, decidiu usar uma katana com a lâmina invertida, impossibilitando o corte por técnicas comuns e impedindo que mais mortes se acumulassem na sua história.

Os personagens mais queridos

Kenshin

Seria uma afronta falar sobre Kenshin Himura sem mencionar seus fiéis companheiros de aventura, e vamos começar por Kaoru Kamiya. Ela é a responsável por abrigar O Retalhador em seu dojo, mesmo sabendo de seu passado, e acompanhá-lo durante o resto da saga — há até um episódio especial que mostra que ambos se casaram e tiveram filhos —, sempre brigando com Yahiko Mioujin, um garoto descendente de samurais.

Por conta da sua grande fama, Kenshin atrai rivais o tempo todo, e é aí que conhecemos Sanosuke Sagara, um espadachim mercenário, que carrega uma enorme espada conhecida como Zanbatou — já ouviu falar de Zabuza, o demônio do gás oculto? —, o ponto mais peculiar sobre ele. Após uma lutar contra o protagonista, Sagara se converte e jura fazer o bem a todos.

As curiosidades sobre o anime

Kenshin

Em uma época em que poucos animes chegavam ao Brasil, Samurai X teve a audácia de tratar de um tema superviolento em um horário nada convencional para esse tipo de história. Isso, aliado ao ótimo enredo e aos já mencionados personagens cativantes, fez com que o anime conquistasse uma legião de fãs. O que muitos não sabem é que, além dos fatos históricos que a produção carrega, existem diversas curiosidades sobre a saga. Confira algumas delas:

  • o anime sofreu muita censura pela Rede Globo, tendo seus episódios cortados (sem piada intencional aqui), principalmente em cenas violentas demais;
  • o criador da história, Nobuhiro Watsuki, era fã dos X-Men e outros quadrinhos ocidentais, e trouxe diversas inspirações para a concepção dos personagens. Jin-E Udou, por exemplo, tem a roupa baseada na do mutante Gambit;
  • Kawakami Gensai é o nome do samurai real que serviu de inspiração para a criação de Kenshin Himura. Ele ficou famoso após partir Sakuma Shozan ao meio com um único golpe;
  • a dubladora original de Kenshin é uma mulher. Essa é uma prática comum no Japão e acontece com outros personagens famosos, como Ash, de Pokémon.

Existem diversos motivos que levaram Samurai X a ser um anime tão querido pelos fãs. Esperamos que você tenha aprendido um pouco mais sobre a história de Kenshin Himura e que seu amor por essa excelente saga continue!

 

Se você quiser saber mais sobre todos os tipos de nerdices, não deixe nos seguir nas redes sociais. Estamos no Instagram, no Facebook e no YouTube!